Acesso ao Curso de Graduação em Zootecnia - UFBA

São disponibilizadas atualmente 45 vagas para concorrência via ENEM/SISU regulamentadas através da Resolução no. 05/2015 (Lei no 12.711 de 29 de agosto de 2012, o Decreto no 7.824 de 11 de outubro de 2012 e Portaria Normativa nº 18 de 11 de outubro de 2012), contabilizando um ingresso anual de 90 alunos. Além disso, o ingresso ocorre através de concurso de vagas residuais, transferência ex-officio, matrícula especial e intercâmbio com outras instituições. Maiores informações sobre o ingresso na Universidade Federal da Bahia podem ser encontradas em http://ingresso.ufba.br

Bases Legais da Profissão de Zootecnista

A profissão de Zootecnia acha-se disciplinada pela Lei n.º 5.550, de 04/12/1968. A fiscalização do exercício dessa profissão, enquanto não forem instituídos os correspondentes Conselhos de Classe, compete aos Conselhos de Medicina Veterinária. O Conselho Federal de Medicina Veterinária, por meio da Resolução nº 619, de 14 de dezembro de 1994, publicada no Diário Oficial da União, de 22 de dezembro de 1994, específica o campo de atividades do Zootecnista, como sendo as seguintes:

1-Promoção do melhoramento dos rebanhos, abrangendo conhecimentos biocliomatológicos e genéticos para produção de animais precoces, resistentes e de elevada produtividade;

2-Supervisão e assessoramento na inscrição de animais em sociedades de registro genealógico e em provas zootécnicas;

3-Formulação, preparação, balanceamento e controle da qualidade das rações para animais;

4-Desenvolvimento de trabalhos de nutrição que envolvam conhecimentos bioquímicos e fisiológicos que visem melhorar a produção e a produtividade dos animais;

5-Elaborar, orientar e administrar a execução de projetos agropecuários na área de produção animal;

6-Supervisão, planejamento e execução de pesquisas, visando gerar tecnologias e orientações à criação de animais;

7-Desenvolver atividades de assistência técnica e orientação rural na área de produção animal;

8-Supervisão, assessoramento e execução de exposições e feiras agropecuárias, julgamento de animais e implantação de parques de exposições;

9-Avaliar, classificar e tipificar carcaças;

10-Planejar e executar projetos de construções rurais específicos de produção animal;

11-Implantar e manejar pastagens envolvendo o preparo, adubação e conservação do solo;

12-Administrar propriedades rurais;

13-Avaliar e realizar peritagem em animais, identificando taras e vícios, com fins administrativos de crédito, seguro e judiciais;

14-Direção de instituições de ensino, em quaisquer níveis;

15-Regência de disciplinas ligadas à produção animal, no âmbito de graduação, pós - graduação e em quaisquer níveis de ensino.